#Afonso – Episódio 5: A perícia de desgastar o amor

#Afonso – Episódio 5: A perícia de desgastar o amor

Os homens têm esta perícia de desgastar o amor, de romper e de rasgar os sorrisos que se queriam apenas rasgados por não conseguirem conter felicidade, mas que agora não parecem mais que olhares destroçados. Foi com esta ideia que o Afonso ficou em mente, depois do encontro no parque com os seus amigos:

– Nós, homens, temos esta merda de perícia de desgastar a alma, de romper e de rasgar o pouco amor que há para dar.

E, pelo caminho, elas aprendem a arte de beijar sem pressentir a ausência, sem querer chegar perto do silêncio. Aprende-se que isto de se envolver já foge dos encantos; que, quando se entra em campo, há tempo marcado para que o jogo chegue ao fim. Mas, desta vez, o Afonso que joga sempre da mesma maneira, não gostou do sabor amargo de chegar ao fim deste jogo:

– E que merda, agora que vim eu, dizes-me que já não há amor para dar.

Adaptado do meu projeto anterior – A perícia de desgastar o amor

One Reply to “#Afonso – Episódio 5: A perícia de desgastar o amor”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *